VOCÊ CONSEGUE PRONUNCIAR O NOME DA COLINA MAIS LONGA DO MUNDO?

marcos holanda casagrande 01/07/2018 18:32:23 Curiosidade
hgZViK9PKKrv
Conhecida como Taumata whakatangi hangakoauau o tamatea turi pukakapiki




É comum que os nomes de cidades, bairros e montanhas tenham um significado que carrega um pouco da história do lugar. No Brasil, por exemplo, várias localidades são a junção de diferentes palavras indígenas, enquanto outras se relacionam com algo que aconteceu ali no passado. O próprio Brasil, por exemplo, foi batizado em homenagem a uma árvore que só crescia aqui.


A galera da cidade de Porangahau, na Nova Zelândia, no entanto, foi longe demais. Quer dizer, ao menos o nome que eles decidiram dar para essa colina, localizada na baía de Hawke, é comprido até doer.


Oficialmente, o nome da colina é Taumatawhakatangihangakoauauotamateapokaiwhenuakitanatahu, mas ela é conhecida como Taumata whakatangi hangakoauau o tamatea turi pukakapiki maunga horo nuku pokai whenua kitanatahu (ah, bom, agora sim!).


Agora, imagine você passeando pela Nova Zelândia e pedindo informações turísticas: "Por gentileza, como eu faço para chegar a Taumatawhakatangihangakoauauotamateapokaiwhenuakitanatahu?". É por isso que, no dia a dia, ninguém usa essa nomenclatura gigantesca, e ela é conhecida pela população local como Taumata.


Embora visualmente a montanha não traga nada demais, por conta de se tratar do nome mais longo do mundo, acabou virando uma atração turística. Ela é uma homenagem a uma pessoa bastante peculiar, e o nome significa: "O cume onde Tamatea, o homem de grandes joelhos, que escorregou, subiu e engoliu montanhas, tocou flauta para sua amada", em sua versão mais curta.


O nome tem 85 letras, mas algumas variações na forma como a história é contada fazem com que ele chegue a 105, o que dá a Taumata o recorde de nome mais longo do mundo, de acordo com o Guinness.


A história


Em outras versões do nome e da história, além de grandes joelhos, Taumata tinha o pênis cortado e foi soprado de longe até a colina. Segundo a crença popular, ele estava viajando pela região e encontrou um grupo indígena que não o deixava passar e com quem teve que lugar para chegar ao seu destino.


Nessa luta, seu irmão teria morrido, e ele ficou tão desolado que permaneceu no mesmo lugar por dias a fio, chorando e tocando sua flauta — e esse local era a colina Taumatawhakatangihangakoauauotamateapokaiwhenuakitanatahu.


Como a colina tem esse nome há muitas décadas — já que arquivos da cidade já a chamavam assim no início do século —, historiadores locais supoem que Taumata é, na verdade, um explorador local. Descrito como um verdadeiro Marco Polo da tribo Maori, ele teria viajado por diferentes regiões do país, indo de norte a sul diversas vezes.

Curta a nossa pagina no facebook

Clique Brasil - Compromisso com verdade

Postagens Semelhantes