Pastor é devorado por Crocodilo ao realizar cerimônia de batismo

O caso aconteceu na Etiópia em momentos que o pastor realizava um batismo em massa

marcos holanda casagrande 16/06/2018 11:04:34 Curiosidade
xixelL9Z89Jc
(Wikimedia Commons/Sarah McCans)




Um caso ocorrido há poucos dias na Etiópia ganhou as páginas dos principais jornais do mundo inteiro. Um crocodilo provocou a morte de um pastor que realizava um batismo nas margens do Lago Abaya. Pelo menos 80 pessoas estavam presentes no local. 


Segundo a BBC, testemunhas contaram que o pastor, um homem de 45 anos chamado Docho Eshete, estava conduzindo o batizado e, ao finalizar o ritual com o primeiro da fila, quando se preparava para batizar o segundo, de repente, um crocodilo saltou das águas, abocanhou o religioso e o arrastou lago adentro, tudo isso diante dos aterrorizados fiéis.


Adam Lusher, do site The Independent, diz que o Lago Abaya é o segundo maior da Etiópia e, apesar de ter fama de ser muito bonito, também é conhecido por servir de lar para uma vasta população de crocodilos.


O pastor, coitado, vacilou feio ao escolher o Lago Abaya para realizar os batismos, e pescadores locais tiveram bastante trabalho para evitar que o crocodilo sumisse com o corpo. Segundo foi divulgado, foram usadas redes para prevenir que o cadáver fosse devorado, e Docho apresentava mordidas nas mãos, costas e pernas.


Com relação ao crocodilo, até onde se sabe, parece que ele escapou com vida e a suspeita é de que se tratava de um crocodilo-do-nilo — Crocodylus niloticus —, um animal que pode chegar a até seis metros de comprimento e pesar até mil quilos e, embora ele seja enorme, é bastante ágil. Outra coisa, apesar do “Nilo” no nome, esses répteis são comuns em inúmeros países africanos, incluindo Uganda, Quênia, Egito, Tanzânia, Ruanda, Burundi, Zimbabué, Gabão, Angola, África do Sul, Moçambique, Somália, Sudão, Botswana, Camarões e, evidentemente, Etiópia.


Como há pouca disponibilidade de peixes nas águas, os répteis podem ser bastante agressivos e atacar animais e humanos que se aproximem demais das margens.


Curta a nossa pagina no facebook

Clique Brasil

Postagens Semelhantes