Temer determina reforço na segurança dos presidenciáveis

Presidente também determinou que as causas do episódio sejam apuradas a fundo. A PF já instaurou inquérito na prisão do responsável

marcos holanda casagrande 06/09/2018 23:09:04 Eleições 2018
aMnwhAN1O2yQ
DANIEL FERREIRA/METRÓPOLES




O presidente Michel Temer vai anunciar em instantes que determinou reforço na segurança de todos os candidatos ao Palácio do Planalto. Temer de reuniu com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para discutir o atentado sofrido pelo candidato Jair Bolsonaro (PSL), que levou uma facada durante um ato de campanha.


O presidente também determinou que as causas do episódio sejam apuradas a fundo. A PF já instaurou inquérito no ato da prisão de Adélio Bispo de Oliveira, autor da facada no presidenciável do PSL.


Temer já se pronunciou sobre o caso mais cedo, que considerou “intolerável, triste e lamentável”. “Se Deus quiser o candidato Bolsonaro passará bem, temos certeza que não haverá nada mais grave, esperamos que não haja nada mais grave”, disse.


Os candidatos já contam com o auxílio de agentes da Polícia Federal para sua segurança. Bolsonaro é um dos que requisitou o auxílio da PF. Ainda não está especificado como se dará o reforço na segurança dos candidatos.

Curta a nossa pagina no facebook

Postagens Semelhantes

Coluna Empresarial

Doutora Juliana ass leilões Kevia´s Gourmet