Marina Silva diz que eleições de 2014 foram fraude de partidos que usaram dinheiro de caixa 2 e abusaram da violência política

marcos holanda casagrande 13/09/2018 15:10:03 Eleições 2018
G1
ztiNJfWwSzog
foto: Marcelo Brandt/G1




A candidata da Rede ao Palácio do Planalto, Marina Silva, afirmou nesta quinta-feira (13), em entrevista ao G1 e à rádio CBN, que as eleições de 2014 foram uma "fraude" de partidos que usaram dinheiro de caixa 2 e abusaram da "violência política". Marina foi derrotada na última eleição presidencial, terminando a corrida eleitoral na terceira colocação, atrás de Dilma Rousseff (PT) – que acabou reeleita – e de Aécio Neves (PSDB).


Segundo a presidenciável da Rede, o acirramento deflagrado na última eleição desencadeou uma onda de violência na política, que teve como desdobramento o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), dois atentados contra apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a agressão à faca contra o presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro.


"As eleições de 2014 foram uma fraude. Uma fraude praticada pelos partidos que usaram dinheiro do caixa 2, que abusaram do poder econômico e da violência política", declarou a candidata da Rede.


"Aliás, violência política que começou em palavras e agora se traduz em ato. Porque quando a gente se omite com violência política, quando ela inicia na forma de desconstrução de biografias, na calúnia, na difamação, a consequência é a evolução disso, é transformar a violência em ato, em eliminação do adversário. [...] O Brasil precisa sair desse ciclo perverso de polarização. Do discurso fácil, da mentira e da inquisição", complementou.

Curta a nossa pagina no facebook

Candidata da Rede foi entrevistada nesta quinta (13) pelo G1 e pela rádio CBN. Presidenciável também prometeu, se eleita, construir 1,5 milhão de painéis solares e criar fazendas de energia eólica.

Postagens Semelhantes

Coluna Empresarial

Doutora Juliana ass leilões Kevia´s Gourmet