Cidade quer proibir que as pessoas tenham gatos de estimação

marcos holanda casagrande 02/09/2018 10:07:49 Mundo
YvDqIwJoYKhQ
Como alguém pode querer banir uma criatura dessas?




Os gatos passaram de animais incompreendidos para xodós da humanidade. Eles são retratados de diversas formas, tocando piano, ronronando, arranhando, fazendo bagunça (um clássico) e até tiveram seus focinhos estudados.


Porém, para a cidade de Omaui, localizada no extremo sul da Nova Zelândia, os bichanos são um problema. Pode isso? Os cidadãos estão debatendo um assunto polêmico que pode resultar no estabelecimento de um plano para ‘banir’ os gatos da região nos próximos anos.


A medida causou revolta entre os amantes e os donos de gatos. De acordo com a prefeitura, o projeto tem intuito de preservar a existência de animais nativos. A ideia é castrar e cadastrar os felinos com microchip para monitorá-los. Além disso, os donos dos animais não vão poder ter novos gatinhos em suas casas. Gente, como assim?


Aparentemente a proposta não é exclusividade de Omaui. Auckland, uma das principais cidades do país, já adotou planos de controle de gatos. Os animais capturados em reservas ambientais sem microchip, são sacrificados. A crueldade é justificada com o argumento de que eles poderiam se tornar predadores das espécies naturais do país.


As medidas vão contra a história do país. Os primeiros gatos chegaram na Nova Zelândia no século 19. Ao longo das décadas, a espécie aumentou e vem ameaçando a existência de alguns animais. Pesquisadores dizem que o pássaro Lyall foi extinto por conta da atividade predatória de gatos selvagens

Curta a nossa pagina no facebook

Postagens Semelhantes

Coluna Empresarial

Doutora Juliana ass leilões Kevia´s Gourmet