Com objetivo de modernizar a gestão pública, Governador de RS assina primeiro acordo de cooperação internacional

Embaixador Ruy Pereira, secretária Leany, Katyna Argueta (representante do Pnud) e governador Leite logo após a assinatura

marcos holanda casagrande 11/11/2019 00:00:00
Fe4YGPs9U5zV
Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini




O governador Eduardo Leite assinou, nesta segunda-feira (11/11), em Brasília, o primeiro acordo de cooperação técnica internacional da sua gestão. Em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o Executivo irá implantar um amplo projeto de modernização e inovação em gestão pública no Rio Grande do Sul.


“Estamos muito felizes de poder firmar o primeiro acordo (internacional) do nosso governo com um tema que consideramos tão relevante, que é a gestão patrimonial e de recursos humanos. O objetivo é trabalhar em modernização e digitalização de processos, mas, ao mesmo tempo, focar nas pessoas. Uma coisa não elimina a outra. Não é digitalização substituindo servidores, mas é buscar melhorar a gestão e ter a tecnologia como ferramenta para agilizar processos”, destacou Leite, agradecendo a ajuda da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) no acordo.


Os principais focos do projeto estão voltados para o desenvolvimento de plano de desenvolvimento de capacidades e valorização profissional dos servidores, a modernização do sistema estadual de compras públicas, o aprimoramento da gestão documental e do patrimônio no Estado e a implantação de um novo modelo de gestão no Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff).


Além disso, o projeto prevê a identificação e promoção de boas práticas nacionais e internacionais em gestão pública. O Pnud será um parceiro do governo gaúcho oferecendo a sua rede de escritórios e Centros de Conhecimentos internacionais, que darão acesso a experiências e metodologias inovadoras desenvolvidas tanto nacional quanto internacionalmente.


“Com o suporte técnico do Pnud e o processo de benchmarking, que vai nos dar parâmetros de outras iniciativas e governos que poderão ser adaptadas à nossa realidade, acreditamos que poderemos endereçar soluções em diversos setores do nosso governo. Estou confiante nos resultados e já na expectativa pelas próximas parcerias que estão em negociação”, afirmou o governador.


Aprimorar digitalização


À frente das tratativas com o Pnud desde o início do ano, a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos, destacou que a parceria com o programa da ONU representa uma grande oportunidade de fortalecimento das capacidades das equipes que atuam nas áreas de orçamento e gestão no governo gaúcho.


“O Pnud tem uma visão de que é preciso reformar o Estado para entender melhor a sociedade. E o governador Eduardo Leite nos dá essa diretriz e a autonomia para que a gente persiga esse objetivo. Por isso, é muito gratificante poder assinar esse protocolo hoje, que vai nos trazer melhorias de capital humano, novas tecnologias, aprimorar o processo de digitalização e modernizar o nosso Caff. É uma porta de entrada, um primeiro processo de cooperação internacional, e queremos continuar avançando”, afirmou Leany.


O evento contou com as participações do diretor da ABC do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Ruy Pereira, da representante do escritório do Pnud no Brasil, a hondurenha Katyna Argueta, do secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, e do procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa.

Curta a nossa pagina no facebook

Texto: Renan Arais e Vanessa Kannenberg Edição: Marcelo Flach/Secom

Postagens Semelhantes

Sem destaque