O povo rondoniense anseia por uma renovação geral no seu quadro político

Renovação política é o que está querendo o eleitorado de Rondônia

Henrique Ferraz 13/03/2018 11:55:40 Politica
E92Wdc7f3DIL
Valdir Raupp e Marinha Raupp




O leitor de Rondônia está cansado da mesmice na política do estado, e pretende fazer uma faxina geral no quadro político do estado. Para se ter uma ideia, nossos políticos mais longevos são o casal Raupp, o hoje senador da república iniciou a sua carreira na década de 80, na cidade de Cacoal quando assumiu o seu primeiro mandato como vereador, de lá para cá Raupp, foi duas vezes prefeito de Rolim de Moura, teve um mandato de governador, perdeu para José Bianco a reeleição para o governo mas desde então se mantem como senador da república.

 


Ivo Cassol, teve oito anos a frente da prefeitura de Rolim de Moura, depois mais sete anos a frente do governo do estado e agora está no fim de mandato de 8 anos como senador da república e pretende retornar ao cargo de governador. Além de sua perpetuação no poder, pretende ainda eleger a sua irmã Jaqueline Cassol deputada federal e de quebra seu genro Junior Raposo a deputado estadual.

 


Nos dois casos acima, da para perceber o quanto eles tem a sede do poder. Ambos estão enrolados com a justiça tendo Cassol inclusive recebido uma condenação recentemente. Quanto a Raupp, foi citado diversas durante as investigações da Lava Jato, e segundo consta Valdir seria integrante de uma organização criminosa integrada por diversos políticos do seu partido.

 


O hoje tucano Expedito Junior, foi lançado na política rondoniense por Valdir Raupp ainda na cidade de Rolim de Moura, quando conquistou o seu primeiro mandato de vereador. Junior voltou-se contra o seu criador e lançou voo solo chegou a eleger-se deputado federal, perdendo o mandato por conta de sua idade. Posteriormente, conseguiu um mandato de deputado federal, elegeu-se senador da república e acabou tendo seu mandato cassado por compra de votos, quem assumiu o seu lugar foi Acir Gurgacz, hoje também condenado pela justiça brasileira.

 


O que todos esses nomes têm em comum, o fato de todos eles serem políticos de profissão, no caso de Expedito, ele tentou eleger a sua esposa Val Ferreira a deputada federal e atualmente tem o seu filho que detém um mandato de no parlamento brasileiro o Expedito Neto.

 


Quanto ao atual governador Confúcio Moura, é outro que tem a vida longeva na política do estado, com vários mandatos de deputado federal, dois mandatos de prefeito em sua cidade Ariquemes e mais dois como governador do estado, Confúcio Moura tá numa sinuca de bico, pretende se eleger senador, mas integrantes do seu partido o querem longe da disputa por diversas razões, a primeira delas, é que Confúcio Moura tido como um ótimo governador por boa parte da mídia de Rondônia e por uma parcela significativa do eleitorado teria a sua eleição garantida, colocando assim em risco a reeleição de Valdir Raupp, na outra ponta, está Maurão de Carvalho, flagrado em áudio vazado conspirando para que Confúcio permaneça a frente do executivo estadual, com medo de que seu vice Daniel Pereira ao assumir o governo do estado tenha uma projeção política que vai de encontro aos interesses do presidente da ALE que pretende ser governador.

 




Por estes e outro motivos que o eleitorado de Rondônia pretende dar um basta aos políticos profissionais do estado.











 

Curta a nossa pagina no facebook

DA REDAÇÃO

Postagens Semelhantes

Coluna Empresarial

Doutora Juliana ass leilões Kevia´s Gourmet